Convidados

convidados (1)

O “1º encontro Lady’s Comics: transgredindo a representação feminina nos quadrinhos” recebe 15 convidados, de variadas partes do país e de diferentes áreas dentro do mundo das HQs. Saiba um pouco sobre cada um:

Afonso Andrade

Foto: Nathália Turcheti

Apesar de graduado em História pela FAFICH, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFMG, nosso convidado Afonso Andrade conseguiu unir o trabalho a uma paixão: as HQs. Atualmente é Diretor de Quadrinhos na Fundação Municipal de Cultura, sendo também o atual Coordenador do Festival Internacional de Quadrinhos, o FIQ. Trabalha no evento desde a 4ª edição, em 2005, além de usar seus conhecimentos para fazer a curadoria e coordenadoria de exposições, como a “Entre ideias e rascunhos” realizada no Sesc Palladium, em novembro de 2013. Antes de tudo disso, Afonso trabalhou como Diretor de Arquivos Permanentes do Arquivo Público Mineiro; Na Comissão da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte; Foi membro da Coordenação e assistente de curadoria do Salão do Livro de Minas Gerais; e Fez a curadoria da Bienal em quadrinhos da III Bienal do Livro de Minas entre outras muitas coisas!

Ana Luiza Khoeler

ana

Natural de Porto Alegre (RS), formou-se em Arquitetura e Urbanismo pela UFRGS. Trabalha desde os 16 anos como ilustradora para o mercado editorial, concentrando sua atividade profissional nesta área mas atuando também na produção de gráficos para a indústria de jogos eletrônicos e cursos online. Atualmente dedica-se à ilustração para o mercado editorial europeu e também à ilustração científica no campo da arqueologia. Entre seus trabalhos destacam-se o ilustrações arqueológicas para a exposição “12.000 anos: História e Arqueologia do Rio Grande do Sul”, no Museu da UFRGS (Porto Alegre, Brasil), “Römermuseum Osterburken” e o “Wikinger Museum Haithabu (Alemanha),  ilustrações editoriais para a Freitag Editora (Brasil); os tomos 1 e 2 da BD “Awrah” para as Éditions Daniel Maghen (França) e o tomo 2 da BD “Carthage” para a editora Soleil (França). Atualmente, trabalha na história em quadrinhos autoral “Beco do Rosário”.

Anna Mancini

 mancini

Anna Mancini gosta de desenhar desde criança e hoje trabalha com isso. É designer e ilustradora, funções que exerce no estúdio de camisetas Chico Rei. Fã de quadrinhos, saiu do posto de leitora em 2013 para produzir trabalhos autorais. Sob o nome Manzanna, faz tiras em nanquim e aquarela sobre o que pensa da vida. Já participou de projetos bacanas como o Zine XXX, o 24h de Quadrinho e 100 vezes Cláudia. Confira aqui um post que saiu no Lady’s!

Beatriz Lopes

bea

Beatriz Lopes é estudante de gravura da UFRJ e trabalha na área de quadrinhos. Publicou a zine ´Mofo´ e produziu e participou da ´Zine XXX´, projeto que reuniu trabalhos de quadrinistas mulheres brasileiras. Além disso colaborou com vários projetos de publicações e ilustrações como ´Zine Artemis´, ´Revista Libre´, ´Linhas Tortas´ entre outros. Quando não está desenhando, provavelmente Beatriz está apertando gatos ou querendo comer pizza. Conheça mais sobre ela!

Bianca Pinheiro

bianca

Bianca mora em Curitiba, é formada em Artes Gráficas e pós-graduada em quadrinhos.Trabalha como ilustradora e quadrinista. Lançou recentemente o quadrinho  BEAR – Volume 01 ( Editora Nemo) e já está com outro no forno, pra sair em setembro de 2014, Dora (publicação independente). Veja as matérias que fizemos com ela aqui!

Chiquinha

Cynthia Bonacossa

cyn

Cynthia B, que nasceu no Rio de Janeiro, em 1986, é quadrinista e roteirista. Editou duas edições da Revista Golden Shower e co-editou uma edição da revista Bananas. Atualmente publica toda semana no jornal Folha de SP a série de cartuns “Buena Onda”. Clique aqui para conhecer mais sobre o trabalho da Cynthia B!

Gabriela Borges

gabriela

Gabriela Borges é viciada em quadrinhos. Ela vai de Mônica a Mafalda, de Marjane Strapi a Joe Sacco, de tirinhas a novelas gráficas. Jornalista há mais de 10 anos, Gabriela é também mestre em Antropologia Social e Política pela Flacso Argentina (Facultad Latinoamericana de Ciencias Sociales). Sua tese tem como tema de investigação a representação da mulher e os discursos de gênero nas historietas argentinas, além da análise da Revista Clítoris, publicação de quadrinhos e feminismo. Foi correspondente internacional do SBT na Argentina, tem trabalhos publicados em veículos como Folha de São Paulo, Revista Tpm e UOL, e hoje é Diretora de Conteúdo e Mídias Sociais da Agência Pulso.

Lovelove6 (Gabi)

gabi

Gabriela Masson, de Brasília, assina como Lovelove6. Feminista e estudante de Artes Plásticas na Universidade de Brasília (UnB), produziu em 2013 a zine Ética do Tesão na Pós-Modernidade volume 1 e 2. Organiza a zine Artemis e publica a série Garota Siririca pelo blog da revista SAMBA (DF). Integrou o projeto Batata Frita Murcha de 2013 a 2014 e também colabora em diversas publicações indepedentes nacionais. Também já escrevemos sobre ela no Lady’s Comics: clique aqui para ver!

Lu Cafaggi

lu

Lu Cafaggi é uma quadrinhista, ilustradora e jornalista mineira. Começou a publicar quadrinhos em 2010, em seu blog pessoal. Em 2011, lançou, de forma independente, a caixinha “Mixtape”, e publicou, junto com o irmão Vitor Cafaggi, “Laços”, a primeira graphic novel da Turma da Mônica, pelo selo Graphic MSP, em 2013. Ela participou do site Lady´s Comics em sua primeira formação, parando de escrever para ele por estar muito atarefada com os quadrinhos. <3 Olha que amor o Tumblr dela!

Lucas Ed.

Foto: Gênio Campregher

Lucas Ed. (ou Lucas Eduardo, segundo a própria mãe) é psicólogo de formação e apaixonado por histórias em quadrinhos desde o nascimento, sendo que hoje escreve sobre elas para o Melhores do Mundo.net. Há pouco mais de dois anos, encontrou um orientador maluco o suficiente, que topou unir a Psicologia Social às histórias em quadrinhos de super-heróis, abrindo espaço para a sua pesquisa de mestrado, a representação social do corpo feminino nos gibis da Mulher-Maravilha. Pronto, o estrago estava feito…

Natânia Nogueira

natania

Natânia A S Nogueira é professora de História na Educação Básica no município de Leopoldina (MG).  Trabalha com pesquisa em quadrinhos desde 2004. Em 2007, deu início ao projeto Gibiteca na Escola, com o qual ganhou o 3º Prêmio Professores do Brasil, no ano de 2008. Atualmente é aluna do mestrado em História pela Universidade Salgado de Oliveira (Universo), em Niterói (RJ), onde trabalha com representações femininas nos quadrinhos, tendo como orientadora a historiadora e escritora Mary Del Priore. É membro fundador e Diretora Cultural da Associação de Pesquisadores em Arte Sequencial (ASPAS).

Ricardo Tokumoto (Ryot)

ricardo

Ricardo Yoshio Okama Tokumoto, ou Ryot, nasceu em 1986 na cidade de Limeira, interior de São Paulo. Mudou-se pra Belo Horizonte em 2006 e cursou a faculdade de Belas Artes na UFMG, com bacharelado em Cinema de Animação. É responsável pelo site ryotiras.com , além de fazer quadrinhos para revistas, jornais e outras publicações esporádicas. Faz parte do coletivo Pandemônio e também trabalha como ilustrador em vários setores, principalmente na área de Livros Infantis.

Sirlanney

sirl

Sirlanney faz de tudo um pouco: além de quadrinhos, ela pinta, borda e, inclusive, já estudou moda. Mas resolveu que fazer artes plásticas seria melhor. E assim foi! Seus maiores motivos para fazer quadrinhos são narrar sua vida, seus sentimentos e não enlouquecer. Ela desenha de tudo, mas principalmente, mulheres, flores e folhas. Suas inspirações e referências vêm de artistas autobiográficos, dramáticos ou suicidas. E suas técnicas mais usadas são aquarela, guache, nanquim e photoshop, além de acrílica e óleo para pinturas. Leia a entrevista que fizemos com ela no Lady’s!

Thaïs Gualberto

thais

Formada em Arte e Mídia em pela Universidade Federal de Campina Grande, Thaïs Gualberto criou em 2009 a personagem “Olga, a sexóloga taradóloga”. No ano seguinte voltou a morar em João Pessoa, sua cidade natal, e lá juntou-se a outros quadrinistas paraibanos ou radicados no estado para formar o Coletivo WC. Com eles lançou duas edições da revista Sanitário, estando a terceira prevista ainda para esse ano. Em 2012, criou, com outras quadrinistas, o projeto Inverna, uma publicação para apresentar as brasileiras que fazem quadrinhos, que atualmente está em fase de captação de recursos. Publicou tirinhas no jornal paraibano A União entre 2013 e 2014 e teve sua primeira exposição solo realizada na Aliança Francesa de João Pessoa entre abril e maio deste ano. Atualmente publica seus trabalhos no site e na fanpage Kisuki.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *