Masami Tsuda e Kare Kano

Inicialmente, gostaria de agradecer todas as visitas,  os comentários e os RT’s do twitter no nosso primeiro e segundo dia de Lady’s Comics – é muito bom saber que estão gostando e apoiando o blog. Segundo, preciso fazer uma mini propaganda da nossa página do Facebook, quem quiser curtir estamos lá também.

Deu de enrolação e vamos ao que interessa: quadrinhos!

No meu primeiro post trago uma história em quadrinho feito por uma mangaka japonêsa Masami Tsuda: Kareshi Kanojo no Jijō conhecido por Kare Kano.

Arima e Yukino 

Tsuda vem com uma personagem principal nada convencional – Yukino Miyazawa. Uma garota que possui uma vaidade tão grande que tem como objetivo chamar atenção de todos de sua escola, mesmo usando uma máscara de menina sensível, carismática e inteligente. Quando se muda para a nova escola, deseja continuar sua glória com as encenações de garota prodígio, porém perde o reinado de a melhor aluna da escola para o garoto Soichiro Arima. As frustrações de Yukino são grandes quando aparece Soichiro e a todo custo ela tentará reaver todos os olhares de admiração dos colegas. Mas não para por ai a história, Arima e Yukino acabam se apaixonando ( meio óbvio ) e é desse ponto que começa a história ( Ah! Não espere uma história de romance clichê…)

Bem, o que chama atenção nesse mangá são três coisas: não é um romance convencional, os diálogos são incrivelmente engraçados mesclando com drama (não perde o ritmo da história), e um plus feito pela mangaka para seus leitores O diário de Tsuda.

Personagens

Eu não gostaria de fazer spoiler quanto a história, então acredito que quem gosta de comédia, dramas, abordagem quanto aos medos que surgem na adolescência – quanto a identidade, aceitação, por exemplo – e romance, Kare Kano vai proporcionar satisfação do início ao fim.

Masami Tsuda conseguiu fazer um ótimo mangá – a história não cansa, os personagens são carismáticos, hilários e o desenvolvimento pessoal de cada um é interessante. Ah… e os traços de Tsuda são agradáveis e engraçados.

Sabe-se pouco sobre a autora, mas graças ao mangá ( com a parte de O diário de Tsuda ) se pode imaginar um pouco como é – atrapalhada, divertida que adora ópera e musicais – e um pouco sobre sua rotina –chocolate branco me faz parecer um monstro que devora vilas. Quero sempre mais“.

Masami Tsuda –  A Devoradora de chocolates 

 

Ficha Técnica:

Data de publicação: Dezembro de 1995 - Abril de 2005
Data de publicação no Brasil: 2006
Volumes: 21
Gênero: Comédia, Romance, Drama
Anime: 26 episódios, mas não finalizado.
Recomendo demais.

12 comentários em “Masami Tsuda e Kare Kano

  1. Olá!
    Vi a indicação do blog no Twitter do Universo HQ.
    Sou apaixonado por Karekano! =D

    Delícia de mangá, né?

    Conhece o anime Nodame Cantabile? Recomendo para fãs de Karekano. Não li o mangá, mas a animação é excelente! =]

    Ótimo post, parabéns!

    • Obrigada e oi!
      Sim, é uma delícia de mangá!
      Bem… eu não conheço Nodame, mas pelo que li aqui parece bom, está na minha lista pra eu ler nesse final de semana de certeza!

      Muito obrigada pela indicação e depois eu falo do que achei dele!
      Até!

    • Acho que as únicas coisas que o anime peca mesmo são os flashbacks nos episódios 14 e 15 e por não ter terminado mesmo rsrs… fora isso é tudo de bom! Adorei o final da história… =D

  2. Não gostei muito de Karekano, no final eu estava um pouco cansada. Mas isso me faz lembrar de Nana. Conhece? Chegou a ser o mangá, do gênero, mais lido no Japão. Agora está parado, a autora etá doente. De qualquer forma acho que, mesmo meio dramático, é um mangá que segue uma linha diferente. É da mesma autora que Paradise Kiss… muito bom também! (O trabalho de vocês está de parabéns)

    ;*

    • Conheço Nana e não gostei muito do anime, pelo menos e ainda não li o mangá. Eu não gostei muito, porque eu me senti muito mal vendo a Komatsu Nana tendo aquela personalidade. Sei que cada mulher tem sua visão de felicidade para si, mas acredito que o dela era um tanto incomoda para mim… permissiva demais, não evolui… e prefiro personagens que evoluam depois de passar por situação fortes… hehe, chata eu né? Mas é questão de gosto quando se trata de personagens, HQs… talvez no mangá seja até diferente com o passar da história… Seria muito legal se o comportamento da Komatsu mudasse…
      Quanto Paradise Kiss eu gostei, as coisas são rápidas, não há enrolações e o amadurecimento da personagem principal é muito bom…
      Obrigada pelo comentário!

  3. Preciso dizer que prefiro o anime do que o mangá de Kare Kano. Acho que a galera do Gainax captou o que havia de melhor na história e fez uma direção fantástica. O mangá eu achei um pouco cansativo.

  4. Parabéns pelo blog ^_^ e pela iniciativa.

    Também adoro Karekano, sinceramente Karekano foi um dos moticos de eu me interessar por shoujos/joseis.
    Uma grande produção dos estúdios Gainax, que ficou famosa pelo mundo inteiro, e veio a ser conhecido como Karekano ^_^ Recomendo para qualquer pessoas.

    Acho que a história se perde um pouco depois da metade adiante, mas mesmo assim não chega a ser um problema.

    Nodame to acompanhando o anime, to esperando o licenciamento por aqui pra ver o mangá >…<

    Outro shoujo que merece destaque, é Chobits, clamp é clamp né XD.

    • Eu não achei que se perdeu tanto, acredito que a proposta da Tsuda, talvez, foi falar mais sobre personalidade, medos… assim mostra o desenvolvimento dos personagens… A Yukino e o Arima buscam juntos uma superação, mas cada um tem sua dimensão quanto aos medos e quanto a facilidade de se libertar deles… ( desculpem se houver spoiler =/ ) Acho que depois da metade da história se tornou um assunto mais denso… pode ser por isso que alguns acharam cansativo.
      Enfim…

      Ah claro! Falarei de CLAMP de certeza, assim como alguns de seus trabalhos que merecem destaques!
      ( vou começar a acompanhar Nodame! =D)

      Obrigada por comentar, é muito bom saber outras opiniões sobre o assunto… :D

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *