Bara No Tame ni

Em 1993, a mangaká Akemi Yoshimura recebia o prêmio Shogakukan Manga Award na categoria shoujo com o mangá Bara no Tame ni. O quadrinho foi lançado entre 1992 a 1998 completando 16 volumes publicados na revista Petit Comic.

Personagem principal - Yuri Makurano

Yuri Makurano é o oposto das protagonistas vistas em muitos mangás, pois é considerada e se acha “feia” por ser o contrário do padrão de beleza aceitável, por ser baixinha e gordinha.
Com a morte repentina de sua avó, Yuri descobre a verdade escondida há anos sobre sua mãe – ela está viva e é uma atriz famosa. Como Makurano está sozinha no mundo, sem casa e sem perspectiva de futuro, ela vai atrás da mãe desconhecida.
Quando chega a casa da atriz Shoko Hanai leva um susto ao descobrir que possui irmãos mais velhos e de diferentes pais: Sumire, Aoi e Fuyo. A relação que os três possuem parece ser superficial no início, porque eles não cresceram juntos e muito menos sabiam da existência dos outros filhos que a mãe deles tinha – só se conheceram quando foram morar na casa da atriz.

Sumire, Aoi, Shoko ( a mãe desnaturada e sempre ausente ) e Fuyo

A história raramente perde o humor, mesmo com os dramas que tem no josei, nunca são situações forçadas no meio da trama. A forma escrita soa muito como nosso cotidiano, quando fazemos piadas com quem gostamos ou pequenas birras que nos arrependemos depois e de alguma forma procuramos recompensar. É assim que a protagonista e seus três irmãos começam a se relacionar, vão aos poucos se conhecendo num cotidiano estranhamente agradável. É nesse ambiente familiar que Yuri começa a sentir atração por Sumire e é a partir deste sentimento que o mangá se desenvolve.

Yuri e Sumire

Os personagens são carismáticos. Yuri encanta o leitor com sua personalidade de mãe, Sumire atrai com o seu jeito desajeitado e embriagado. Já Aoi incomoda um pouco devido o seu amor possessivo com Sumire , porém com as expressões hilárias que faz, muda a opnião do leitor. Até mesmo Fuyo chama a atenção por ser uma mulher preguiçosa e sempre está ausente, mas sempre presente na hora de dar palpite pra esquentar as situações da história, principalmente entre Yuri e Sumire.

O mangá teve sua versão em live action em 2003, mas com o nome The Rose com 21 episódios (no site oficial tem as capas dos 16 volumes do mangá).

Vale a pena ler Bara No Tame ni.

4 comentários em “Bara No Tame ni

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *