Entrevista – Lita Hayata

Talita Hayata, conhecida como Lita Hayata, tem 29 anos, nasceu em Bauru mas vive em São Paulo capital. Atualmente trabalha desenhando em um studio de jogos onde produz bingos e casinos, além de fazer freelas. Conheci o trabalho da Talita há um ano atrás por meio do seu Tumblr. O que me chamou a atenção…

Leia mais →

Entrevista – Lu Cafaggi

Há exatos cinco anos o Lady’s Comics lançava o blog com uma entrevista concedida pela Lu Cafaggi. Naquele momento nenhuma de nós sabia que iríamos tão longe. Cinco anos depois, num bate-papo longo e descontraído, em um cafeteria no centro de Belo Horizonte, pudemos falar de feminismo, mudanças (no cenário e em nós mesmas) e…

Leia mais →

Recaptura no Catarse

Depois de conseguir sucesso via catarse com a HQ Ghilan e Zorro, Mariá Scárdua (conhecida como Mariá Raposa Branca) está com mais um projeto no Catarse. Com ainda 12 dias para acabar o financiamento, a quadrinista já conseguiu atingir a meta da sua nova história: Recaptura. Recaptura é um conto fechado (one-shot) que começa com…

Leia mais →

Entrevista – Aarthi Parthasarathy

Uma ótima experiência que tive recentemente foi com o webcomic Royal Existentials da indiana Aarthi Parthasarathy, que usa imagens antigas da Índia para debater sobre alguns discursos de poder existentes naquele país. Eu achei incrível, porque não só questiona o machismo, mas qualquer tipo de autoridade (religioso, classe social/castas, patrão,…) que dá angústia. Tive a…

Leia mais →

Entrevista Mariana Cagnin

Aos 11 anos, Mariana Cagnin queria desenhar mangá. Influenciada por animes e quadrinhos orientais como Sakura Card Captors, Sailor Moon e Corrector Yui, foi atrás das revistas “como desenhar mangá” e depois disso nunca mais parou de estudar. Aos 18, publicou as primeiras páginas do mangá Vidas Imperfeitas no Deviant Art, que hoje pode ser…

Leia mais →