Dale e a minissaia

Criado por Alexander Gillespie Raymond em 7 de janeiro de 1934, Flash Gordon modificou o conceito de HQ por causa do seu traço e histórias revolucionárias. Foi influência para Star Wars, engenheiros e designers da aviação e dos transportes. No Brasil foi lançada em 1934 pelo Jornal A Nação.

Com o objetivo de competir com o popular Buck Rogers , Flash Gordon se tornou um sucesso virando mais tarde  filme e seriado de TV.

A primeira tira do herói:

“O mundo está para ser destruído por um planeta desconhecido que se aproxima rapidamente da Terra. O piloto e ex-jogador de pólo, Flash Gordon está viajando em um avião quando esse é atingido por um meteorito. A única coisa que ele tem tempo de fazer é pegar um paraquedas e saltar, levando consigo outra passageira, Dale Arden.”

Mas não é do Flash Gordon que vamos falar. É a outra passageira que nos interessa!

Dale Arden, o affeir e companheira de aventura de Flash Gordon era independente, elegante e heróica. Mas nessa tira ela apareceu apenas como uma garota bonita. Não havia pretensões de Dale ficar na história. Como uma mulher forte e revolucionária, Dale não ia sair assim tão fácil da cabeça dos leitores.

A personagem volta na 2° série da HQ. Todos queriam ficar com ela, Flash e até o vilão da história o intergaláctico Ming, o Impiedoso! Porém Dale nunca concretizou esse amor, parece que Flash era muito ocupado tentando salvar a terra! rsrs Mas não importa. O que Dale nos ofereceu  foi muito mais que romance.

O mais marcante na personagem foi a previsão que seu criador  fez da minissaia (agora se escreve asim de acordo com o novo acordo ortográfico =P). Em plena década de 1930 apareceu a minissaia no Planeta Mongo. Imagine o alarde? Dale rompeu com os padrões e sua roupa não custou a virar moda internacional. A peça de roupa se concretizou mesmo na década de 60 e nunca mais saiu dos guarda-roupas das mulheres.

Mais tarde a personagem também foi adaptada para o cinema e séries de TV:

-Dale foi interpretado por Jean Rogers nos folhetins Flash Gordon (1936) e Gordon’s Trip Flash to Mars (1938).

-Na série de 1940, Flash Gordon Conquers the Universe, Dale foi retratada por Carol Hughes.

-Irene Champlin assumiu o papel de Dale para o Flash Gordon série de televisão em 1954.

-Diane Pershing forneceu a voz para o personagem em 1979 para o desenho animado produzida pela Filmation.

-Em 1980, Dale foi retratado por Melody Anderson no filme Flash Gordon, produzido por Dino De Laurentiis. Nesta versão da estória, Dale é um agente de viagens.

-Durante o ano de 1980 a Marvel criou o desenho animado Defensores da Terra.

-Holden Gina retrata Dale em 2007, na série de TV Flash Gordon.

Para uma leitura mais aprofundada da personagem Dale Arden, recomendo a leitura de “Dale Arden: Uma diva dos quadrinhos” de Marco Aurélio Lucchetti.

Um comentário em “Dale e a minissaia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *