Maria Cláudia França Nogueira é paulistana apaixonada por Ilhabela, quadrinista, pintora, poeta e mãe de quatro filhos. Com mais de 40 anos de carreira, Crau, como prefere ser chamada, é formada em Tecnologia em Produção Multimídia, no Centro Universitário Módulo e, recém graduada em Engenharia de Aquicultura na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Antes das graduações, Crau fez curso técnico de desenho de comunicação no colégio técnico Iadê, ainda no ensino médio. Curiosa, sempre se interessou pelos tipos e contrastes do Brasil, sendo esse o grande gatilho para os desenhos de humor. No início, seu trabalho foi publicado na revista O Bicho, onde trabalhou também como redatora ao lado do humorista Fortuna. Na sequência, atuou em vários jornais no litoral norte de São Paulo. Em 1997 obteve o 3º lugar no Mapa Cultural Paulista, com a História em Quadrinhos Um casal (des)prevenido vale por 3. Nessa época, idealizou A Periquita, uma publicação de humor gráfico reunindo mulheres. Embora tenha provocado um movimento aglutinador, a revista não chegou a ser editada na época. Em 2013, editou a revista-livro As Periquitas, que chegou a ser indicada para o Prêmio HQ Mix, Publicação de Humor Gráfico de 2014. Para 2016, a artista está reunindo colaboradoras e condições para editar o segundo número da revista enquanto busca uma oportunidade para mergulhar na nova profissão.