Cris Peter trabalha com colorização digital de histórias em quadrinhos para o mercado internacional, há mais de 14 anos. As editoras DC, Marvel e Image estão entre seus clientes. Através delas, já coloriu títulos como Superman/Batman, Astonishing X-Men, Fantastic Four, Captain America & Namor, Hawkeye vs Deadpool. Em 2012, foi indicada ao prêmio Eisner por seu trabalho em Casanova. Seu talento também pode ser visto nas Graphic MSP Astronauta – Magnetar e Astronauta – Singularidade, com arte e roteiro de Danilo Beyruth. Como escritora, lançou seu livro teórico O Uso das Cores e, atualmente, tem um projeto autoral com o coletivo Estúdio Complementares e com a desenhista Érica Awano chamado Patas Sujas. Cris também está envolvida no selo Pagu Comics como autora do título Quimera.