Mariela Acevedo é leitora, editora e crítica de histórias em quadrinhos.  É graduada em Ciências da Comunicação da Universidade de Buenos Aires (UBA) com sua tese “Imago Fémina”, sobre a representação das mulheres e a autoria feminina nas HQs. Se declara “feminista em processo” ou “em estado de reflexão” e pesquisa, constantemente, charges e tiras em que possa encontrar personagens potentes para pensar a realidade das mulheres e as diversidades sexuais na América Latina. Em 2010, com financiamento estatal, publicou um de seus quadrinhos, dando a ela a oportunidade de dirigir a revista Clítoris. Sex(t)ualidades en viñetas (Hotel de las Ideas, 2014), cujo segundo volume deverá ser lançado em 2017. Atualmente escreve sua tese de doutorado “Sextualidades en viñetas. Representaciones del cuerpo en movimiento en historietas de revista Fierro (1984-1992 e 2006-2014)” – uma investigação que cruza representação, gênero e mobilidades. Mariela sonha em contribuir para o desenvolvimento da teoria nos Estudos sobre Histórias em Quadrinhos a partir da crítica feminista.