Entrevista – Bianca Pinheiro

Foram duas horas de conversa com a Bianca Pinheiro, em plena segunda-feira, por volta das 20h. Não só rolou o papo sobre o seu primeiro quadrinho independente via Catarse chamado Dora, como teve muita conversa doida: desde o  ônibus das Spice Girls até sobre seus filhos gatos. A conversa rendeu demais para caminhos que eu não imaginava. Também não esperava que em menos de 2 minutos e em uma única resposta ela diria quase tudo o que eu tinha curiosidade de saber sobre Dora. Acho que ela lê mentes.

10377021_639690889442311_3237700338537833086_n

Sem mais enrolação, aqui vai um pouco do que conversamos:

Sam: Entonces, a Mariamma já fez uma entrevista contigo sobre teu trabalho em geral, lá em fevereiro, creio, mas isso é detalhe haha… Agora eu quero saber mais do Dora. Não só porque tá no Catarse, mas a temática me chamou muito atenção. Eu queria saber como é que começou essa história de mistério e com um clima mais tenso. Inspiração de algo ou uma mescla louca que veio da cabeça?

Bianca: Ah, hahaha, que massa! Beleza, falemos de Dora. É tudo o que consigo pensar a respeito ultimamente, mesmo.

Bom, eu pirei no final do ano passado/começo desse ano (não tenho certeza) na ideia de uma criança com estranhas habilidades. Ou algo assim.

Eu gosto muito de temáticas fantásticas e, embora BEAR possua um ambiente fantástico, minha pira mesmo era conseguir montar uma história que fosse fantástica mas não fosse infantil. Ou feliz, propriamente dita.

Como a ideia da criança “estranha” (estou evitando usar a palavra “poderes” de propósito aqui) pairava com insistência na minha mente, só o que tive que fazer foi sair montando as peças. Até, por fim, decidir focar na mãe dessa criança.

Então, sim, é uma história com elementos de mistério e um quê de “sobrenatural” e que, pelo menos pra mim, é também sobre uma mãe que tem essa filha diferente.

Eu só espero que a HQ fique pelo menos um pouco assustadora. hahaha! Já estou tão acostumada com ela quem tenho achado tudo normal, quase.

Sam: Essa história poderia se dizer que é de horror? Ou seria suspense?

Bianca: Oh, eu gostaria tanto de dizer que sim!!! Queria dizer que é de terror e tudo o mais, mas acho que não fui capaz de deixá-la verdadeiramente de terror. Então eu prefiro colocá-la em suspense e depois ouvir o que o povo tem a dizer! xD~

A verdade é que eu morro de medo de histórias de terror. Sério. Eu nem gosto de ver/ler, porque já fico impressionada.

Mas pensar numa história assustadora é tão legal!

Sam: Já lesse horror japonês?

Bianca: Menina, não consigo! Li um uma vez – escondida, no trabalho – eu quase morri.

Era uma que misturava animação e música assustadora. Sério. Foi aterrorizante. Tenho medo das histórias japonesas até mais que as outras!

Sam: XD Ah!!! Mais isso depende do autor também, tens que ler Junji Ito. Só lendo mesmo.

Eu tava vendo tua página no BEAR em que os personagens estavam falando para colaborar no Catarse, eu levei um certo susto quando vi a menina… hahah

Bianca: Nossa… nem pensar! A última coisa de terror que vi foi um curta chamado “Lights Out”, já viu? Custei muito a dormir naquela noite.

hahaha, serio? hahahahaha! Que bom! Queria que ela ficasse assustadora, mesmo!

Sam: Como é que tu chegou nessa personagem da Dora visualmente? Ela vai crescer, né?

 1517645_643666809044719_8100993328581780244_n

Bianca: Olha, essa foi difícil.

Uhum, vai sim. Ela só é criança nos primeiros capítulos.

ahsihaushauishiaushuiahsouiahsuihas! Argh, que vontade de dar spoiler! Não posso!

Sam: Porque ela tem um olhar muito bom…

Bianca: É, então… A menina se comunica com o olhar, basicamente. Até porque a expressão corporal dela é meio nula.

Sam: Aaaaaaaaaaah! Gente… Tô gostando disso!

Bianca: E eu sofro muito, porque inventei de fazer com caneta pincel e eu não consigo controlar direito, então dá um trabalhão acertar o olhar dessa menina! Tu nem imagina!

hahahaha, pois é. Eu não gostaria de encontrá-la por aí. Pessoalmente falando.

hahaha, mas vale a pena. Estou gostando do resultado não-controlado dessa HQ.

Sam: Vixe! Já foram quantos papéis nas tentativas?

Bianca: Pô, alguns! É que eu fico testandinho antes, mas no final acabo que toco o “vai como for e foda-se” xD~

Sam: Isso pode dar um estética bacana, não?

Bianca: Ah, eu gosto! É um traço bem mais solto que BEAR, por exemplo.

Estou gostando tanto! Dá uma sensação de liberdade e desespero que é bem curiosa meu problema mesmo é desenhar carros, automóveis… e cenários. Tenho que ficar inventando o tempo todo. “Lembre-se de que essas pessoas não vivem num vácuo branco, Bianca!” é terrível! hauishauihsaoiuhasu

Sam: hahahsauhhusahuasa xD essa é boa! Eu percebi que é bem diferente de BEAR e acho muito massa que tu tens vários estilos…

Ainda vai ser colorido o Dora ou é preto e branco mesmo?

Bianca: Nah, preto e branco. Acho que a história não funciona colorida. Se eu fosse pra colorir seria numa pegada mais Sin City, manja? Uma cor básica aqui, outra ali… e só. Gosto do preto!

Sam: Como é o teu tempo pra fazer BEAR, Vaca Voadora e Dora?

Bianca: É que eu tou desempregada! hahahahahaha!

Dei sorte de ser demitida em Fevereiro, justamente quando eu precisava pegar firme em BEAR pra mandar pra gráfica. Ano que vem provavelmente terei que caçar uma coisa fixa de novo, o que é uma pena imensa, porque eu amo ficar em casa.

Sam: E queres viver de quadrinho?

Bianca: Ah, como quero! Um sonho, viver de quadrinhos! Queria que tivesse alguém disposto a me dar dinheiros mensais só pra eu ficar em casa fazendo quadrinhos, vendo série e brincando com os gatos. Sério: plano perfeito. Se souber de alguém que queira me dar dinheiro, avisaê!

Sam: XD suhauhasuhashuashu. Tenta Mega Sena!

Bianca: Cara, seria lindo ganhar na loteria!

Sam: (ela me perguntou o que eu faria, mas não vem ao caso aqui, né?) E tu, o que farias? Continuarias desenhando?

Bianca: Ah, acho que eu doaria uma parte pra uma ONG de bichos. Talvez uma que destruísse o Sea World e coisas do tipo. Compraria um carro pra minha sogra… e investiria no resto pra não ter que arranjar emprego mais e poder fazer quadrinhos e ter gatos infinitos e cachorros e bichos de todos os cantos.

AH CARA! Um ônibus tipo o das Spice Girls no filme!!!!!

Que sonho!

Nunca me desapeguei do sonho do ônibus das Spice Girls.

Mas é sério! Tu lembra daquele ônibus? Eu com 12 anos não queria outra coisa. Um ônibus e amigas pra cantar numa banda. E um macaco. Eu queria muito um macaco!

Aqueles micos que ficam no ombro, coisas lindas.

spiceworld

Baby Spice feliz  no Spice Bus…

Sam: Eu lembro bem vagamente. Lembro que era gigante e colorido. Cara, faz muito tempo. Não sei como pode lembrar disso… suahushauhsua

Bianca: Faz. Eu só lembro disso no filme, pra ser sincera.

Sam: Voltando pro Dora… usahushuahsuahuhsa! A Vaca Voadora vai começar a lançar quadrinhos? É o primeiro título?

Bianca: Sim! Como selo! É, sim.

Eu comecei a encher o saco da Fefê Torquato pra gente transformar a Vaca num selo.H3rqJJM

Sam: Pode se esperar mais dele em 2014?

Bianca: Pobre Fefê… Eu encho muito o saco dela, eu acho. o.ó

Ah, não sei… estou enchendo o saco da Fefê pra ela lançar alguma coisa. Falei, “Lança pra Gibicon, aí a gente já tem dois livros no selo numa tacada só!”.

Ela tá se organizando, acho que prepara alguma coisa sim! só não sei se pra esse ano. A Fefê é muito boa pra ficar só na internet, sabe? E quem fez o selo foi ela. É apenas justo que ela o utilize também! Eu que queria lançar outro livro ainda esse ano, mas acho que não rola.

Sam: Eu não vou falar um “tomara que dê certo”, porque eu sei que tu vais conseguir o Catarse (e a Vaca Voadora vai rolar, porque vocês são muito boas!). Ainda mais que já tá em 51% e ainda tem 32 dias pela frente. Deve ser bem empolgante ver os números e o tempo ainda, não?

Bianca: Muito! Hoje quando entrei e vi que estava em 50% quase morri de alegria!

Estou sofrendo pra desenhar um cenário com multidão e ambulância enquanto falo contigo… Ó! Malditos cenários! (em BEAR é mais fácil, é só desenhar uns matinhos atrás)

Sam: Eita!! ushauhsuahsa a Mariamma tá fazendo aula de quadrinhos e ela fala isso também como é difícil fazer cenários… Falta muito pra concluir?

Eu tenho sorte que eu só quero ler quadrinhos. o.o

Força ai! \o/

Bianca: Passei da metade na quinta-feira! Ou seja… faltam umas 50 páginas, ainda.

Ah, eu amo fazer quadrinhos! Cenários são difíceis, mas é tão legal! Meu único problema é conciliar com outros vícios. Viciei em Orange is The New Black na sexta-feira. Preciso terminar de ver as duas temporadas logo, para poder voltar à minha rotina normal. Sério. Eu não me controlo!

Eu sou bem rápida pra desenhar e finalizar. Eu só me distraio fácil. O que me torna invariavelmente lenta. o.ó

Sam: Entendi. Sei como é… u_u

Bianca: hahahaha, é terrível! Mas se eu não ligar o computador, eu vou melhor. xD~

Sam: Última pergunta… Quando fechares o quadrinho, vais fazer o que primeiro? Beber? Dormir? Pensar no próximo quadrinho? o.o

Bianca: Uau, ótima pergunta… xô ver…

Eu provavelmente vou gritar e assustar meus gatos. Acho que depois verei algum seriado comendo salgadinho que faz mal à saúde. Provavelmente! (Lourenzo e Vittorio. meus filhos. meus amores <3 )

cats

Filhotes de Bianca :3

Dora tem muito tempo para fechar os 100% ainda, só que já está nos 97% faltando 13 dias. Compartilhe, divulgue e, se gostar, colabore com o projeto e se junte com os mais de 242 pessoas que aguardam seu quadrinho em formato pdf ou impresso em seus correios! <3

Clique aqui e veja o projeto no Catarse. :)

1797466_647567205321346_1483221782336516993_n

Links bacanas da Bianca:

A Vaca Voadora

BEAR

2 comentários em “Entrevista – Bianca Pinheiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *