Entrevista Maco

Maco

Maco

Ainda quando fazia o curso de aquitetura, em setembro de 2009, Maco cria seu blog com desenhos antigos e tirinhas sem compromisso.

No início do ano passado, ela deixou o curso para se dedicar aos desenhos e nesse ano começou a faculdade de Bellas Artes em Montevideo.
Com um trabalho incrível, a uruguaia, de 24 anos, se inspira e explora em suas tirinhas o cotidiano. Uma narrativa agradável, simples, engraçada e muito imaginativa – quase sempre, a própria Maco é a personagem principal.
Conheça um pouco sobre ela nesta entrevista aqui no Lady’s Comics. :)

Quando começou o interesse por quadrinhos e desde quando faz comics?

Sempre me interessei. Entre os primeiros livros que lia havia histórias em quadrinhos, mas não conhecia muita coisa. Lia, por exemplo, os livros de Tintín, que sempre gostei e ainda os leio. Faz um ano e meio que comecei a desenhar minhas próprias histórias em quadrinhos, pouco depois de começar a publicar no meu blog.

Siempre me interesó. Entre los primeros libros que leí había historietas, pero no conocía mucha cosa. Leía, por ejemplo, los libros de Tintín, que siempre me gustaron y los sigo leyendo. Hace un año y medio empecé a dibujar mis propias historietas, poco después de comenzar a publicar en mi blog.

Como surgiu a possibilidade de publicar na internet? Teve incentivo de amigos, família para mostrar na web seu trabalho?

Tinha um monte de desenhos acumulados em minha casa, e não fazia nada com eles. Dava-me muita vergonha em mostrar meu trabalho, mas algumas amigas e minhas irmãs insistiram que eu criasse um blog. Uma noite estava desenhando sozinha, e quando terminei o desenho quis compartilhar com alguém. Foi ai que me decidi e, sem pensar muito, abri o blog e postei o desenho.

Tenía un montón de dibujos acumulados en mi casa, y no hacía nada con ellos. Me daba mucha vergüenza mostrar mi trabajo, pero algunas amigas y mis hermanas insistían en que creara un blog. Una noche estaba dibujando sola, y cuando terminé el dibujo quise compartirlo con alguien. Fue ahí que me decidí y, sin pensarlo mucho, abrí un blog y subí el dibujo.

Os comentários feitos pelas pessoas em seu blog influencia na sua forma de trabalhar?

Não sei se  influenciam em minha forma de trabalhar, mas, em geral, influencia nos temas que publico. Especialmente em temas como Radiobujada, que tem muitos comentários. Esse me mostra que há o interesse das pessoas, e me faz seguir desenhando.

No sé si influyen en mi forma de trabajar, pero, por lo general, sí influyen en qué cosas publico. Especialmente en cosas como Radiobujada, que tiene muchos comentarios. Eso me muestra que hay interés de la gente, y me hace seguir dibujando.

Há uma periodicidade na publicação de comics no seu blog?

Não, publico quando tenho material que quero compartilhar. Há alguns momentos que tenho mais tempo livre e publico com mais frequência. Agora faz um tempo que não posto nada, porque estou desenhando uma HQ para Bandas Orientales que será publicada em junho. Quando terminar com isto, penso voltar a publicar mais regularmente.

No, publico cuando tengo material que quiera compartir. Hay algunos momentos en que tengo más tiempo libre y publico más seguido. Ahora hace un tiempo que no subo nada porque estoy dibujando una historieta para Bandas Orientales que será publicada en junio. Cuando termine con esto, pienso volver a publicar más seguido

Quais são os materiais que usas?

Esboço a lápis sobre papel Caballito, e pinto com pena e tinta chinesa ou Ecoline. Eu comprei recentemente algumas fibras que são confortáveis ​​para mim agora. Mas, ainda assim, não abandono a pena.

Boceto a lápiz sobre papel Caballito, y entinto con pluma y tinta china, o Ecoline. Hace poco compré unas fibras que por ahora me quedan cómodas. Pero igual, no abandono la pluma.

Quais são os quadrinhos que recomendarias?

Não tenho lido muito para recomendar, mas entre minhas histórias em quadrinhos preferidos estão Hergé, Winsor McCay, Jason, Chris Ware, Alan Moore y Minaverry.

No he leído mucho como para recomendar, pero entre mis historietistas preferidos están Hergé, Winsor McCay, Jason, Chris Ware, Alan Moore y Minaverry.

Você tem algum quadrinho impresso? Onde se pode conseguir?

Montei uma pequena revista com uma HQ curta e a vendi na convenção Montevideo Cómics de este ano. Não tenho pontos de venda. Algumas pessoas entram em contato por e-mail para encomendar uma.

Armé una revistita con una historieta corta y la vendí en la convención Montevideo Cómics de este año. No tengo puntos de venta. Algunas personas me contactaron por mail para encargarme una.

A Radiobujada existe? Como nasceu esse comic?

Radiobujada nasceu em agosto do ano passado, depois de fazer esta e estas tiras. Gostei muito de poder conduzir objetos de um quadro a outro sem muita ordem e quis fazer mais dessa forma. Então pedi a meu amigo  Die dié que me desse assuntos que eu pudesse desenhar nas tiras e me disse “um disco… de Jone Micthell! e o colocas e o começa a tocar!”. E depois “fah! que as pessoas peçam temas, e você os coloca! como na radioblog de Kioskerman, mas um radiocomic”. Eu adorei a ideia e se percebe que as pessoas também, porque depois do primeiro programa em seguida começou a chover pedidos.

Radiobujada nació en agosto del año pasado, después de hacer esta y estas tiras. Me gustó eso de pasarme objetos de un cuadro al otro sin mucho orden, y quise hacer más de esas cosas. Entonces le pedí a mi amigo Die dié que me dijera objetos para que yo dibujara en las tiras, y me dijo “un disco… de Joni Mitchell! y lo ponés y empieza a sonar!”. Y después “fah! que la gente te pida temas, y vos los pasás! como en el radioblog de Kioskerman, pero un radiocomic”. Me encantó la idea, y se ve que a la gente también porque después del primer programa enseguida empezaron a caer pedidos.

Quantos xícaras de café tomas por dia? Em Radiobujada, por exemplo, sempre pede mais e mais café!

Eu adoro café. Tomo uma xícara – às vezes, duas – depois de almoçar. Quando me levanto cedo, tomo uma xícara de café com leite no café da manhã e na hora do lanche, tomo outra.

Me encanta el café. Tomo una taza -a veces, dos- después de almorzar. Cuando me despierto temprano, desayuno una taza de café con leche, y a la hora de la merienda, tomo otra.

Conheça mais o trabalho da quadrinista Maco – Blog

11 comentários em “Entrevista Maco

  1. Muito legal!
    Essa tirinha dela acordando e caindo na cama logo em seguida tinha visto uma vez e queria saber de quem era, tava radom em um blog hahahaha :3

    Esse traço dela é bárbaro, simples, porém, super comunicativo.
    Gosto muito de desenhos assim, sempre surpreendem.

  2. Gostei muito dos desenhos e da fluidez que a Maco põe neles… Adorei também as referências literárias na tirinha (mega-tirinha…rsrsrs…) das vassouras!
    Ah, to escutando agora o omegacast! ^_^

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *