Entrevista – Samanta Flôor

A primeira pessoa que o Lady’s começou a seguir no twitter foi ela. Foi também a primeira a quem pedimos autorização para um post. Fãs de carteirinha, foi impossível para nós do Lady’s Comics não mandar um email pedindo além da entrevista um desenho! rsrs Louca por café e criadora do famoso Toscomics aqui está uma entrevista com a desenhista Samanta Flôor!

Lady’s – Conte-nos um pouco da sua vontade de desenhar. A sua formação é em arquitetura, né? Esse curso te ajudou no caminho até a ilustração?

Sim, eu me formei em arquitetura. Apesar de nunca ter exercido a profissão, o curso me ajudou muito. Claro que eu não recomendo estudar arquitetura se queres ser ilustrador, mas conheço vários arquitetos que seguiram caminhos semelhantes depois do curso.

Imagens do Calendário que você pode fazer o download e imprimir! rs

Lady’s – E “Samantamanta”? É um apelido de infância?

Não, só coloquei como nome no twitter porque me pareceu mais divertido do que samantafloor. Vem de Samanta e sua manta, haha. :) Eu sinto muito frio no pescoço, então tenho uma coleção de mantas, todas feitas pela minha avó e madrinha.

Lady’s – Como surgiu o projeto toscomics? Já vendeu muito pelo Brasil?

Eu comecei a rabiscar num caderno algumas ideias soltas. Sempre gostei muito de quadrinhos e tinha vontade de trabalhar com isso, mas não achava que levava jeito pra coisa. Então eu comecei a desenhar essas tirinhas e a chamá-las de toscomics, porque eu nem considerava um trabalho de quadrinhos. Era (e ainda é) algo bem despretensioso.

Vendeu muito, mais do que eu esperava. :)

Lady’s – Quais as técnicas de desenho você gosta de usar?

Papel e caneta. Eu já me aventurei pela aquarela, fiz um curso com o grande Edgar Vasques, mas sempre acabo voltando pro nanquim. Ultimamente ando viciada naquelas canetas que imitam pinceis.

Lady’s – Quais são suas influências?

Nossa, é muita coisa. Eu estou sempre consumindo muito livro e filme. Acho que meu repertório vem mais deles do que de ilustração em si. Eu gosto de buscar referências em praticamente tudo e geralmente não me prendo num único meio.

Lady’s – Nós acompanhamos sempre seu blog, percebemos que houve uma fase de desânimo, você pode nos contar o que aconteceu?

Este tem sido um ano bem difícil. Eu fiz 30 anos e acabei passando por aquela clássica crise dos 30, onde a gente avalia tudo que fez, se está no caminho certo, essas coisas. Passei por muitas dúvidas a respeito do meu trabalho, digamos que minha auto-estima “desenhística” diminuiu consideravelmente! Eu passei a não gostar do meu traço e desenhar se tornou exaustivo. Mas essa crise acabou parecendo pequena em frente a outros problemas muito maiores. É interessante como a vida acaba nos mostrando a futilidade dos nossas frustrações e o que realmente importa, no final.

Imagem do blog, lá vc fica sabendo da história de como surgiu o desenho :)

Lady’s – Quais gibis têm lido?

Ando relendo Acme Novelty do incrível Chris Ware. Ele é meu cartunista preferido hoje em dia. Também ando revisitando o traço do Seth, que é um cartunista canadense pouco conhecido aqui. Eu adoro a leveza a simplicidade do traço dele. Mas eu tenho lido mais webcomics do que livros, principalmente por causa do dinheiro, mas também porque existe muita gente talentosa publicando online hoje.

Lady’s – Qual sua HQ preferida?

The Smartest Kid on Earth, Chris Ware.

Lady’s – Há novos projetos em mente?

Estou trabalhando numa pequena hq sem palavras, mas ainda não sei se vai virar zine, webcomic ou o quê… :)

-O nome do seu site surgiu da música de Tori Amos “Cornflake Girl”

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=i_U5oCydjfM&fs=1&hl=pt_BR&rel=0]

Para saber mais sobre o trabalho da Samanta Flôor acesse:

Seu Site
Seu Blog
Não deixe de ver seus Toscomics (e adiquirir tb!)
Tem também o flickr
O Tumblr
E seu Twitter

Agora em primeira mão o desenho que a Samanta mandou para nós e que será exposto na comemoração! :)

17 comentários em “Entrevista – Samanta Flôor

  1. Eu sou muito fã da Samanta, e sou uma pessoa mais feliz quando vejo as toscomics dela ,acompanho o trabalho dela e torço muito por ela sempre :)
    Tenho até um autografo dela num caderno meu, hihi.
    Muito legal a entrevista.

  2. Adoro o trabalho da Samanta, o traço dela é lindo ^-^

    E me identifico muito com as histórias de suas comics: as distrações (sou muito distraída tb!), pequenas coisas que alegram o dia, enfim…

    Não conhecia o blog, vou acompanhar sempre =)

  3. Adoro demais o trabalho da Samantha! E posso dizer, com certeza, que ela é uma das minhas maiores influências.
    Não sei como ela pode ter desanimado, pra mim o traço dela é um dos mais característicos de todo o cenário HQ brasileiro. Ainda espero o dia que ela vai publicar um quadrinho.

  4. Nossa não conhecia o trabalho da Samantha (Ou conhecia e não sabia de quem era… pq quando vi as ilustrações fiquei com a impressão: “Já vi isso em algum lugar”) QUE LINDO… Gostei muitoooo do trabalho dela… O traço me pareceu bem pessoal e expressivo, ameiiiiii…
    Ebaaaa já marquei o blog no meu RSS e com certeza vou acompanhar o trabalho dela daqui para fente… ótima inspiração e referência :)

  5. Eu já era fã da Samanta por causa da minha irmã, e dias atrás tive a oportunidade de conhece-la pessoalmente.Para mim foi especial, pq descobri que além de muito talentosa ela é mega querida, fofa. A Samanta é suave como o desenho dela. E sobre o desenho dela, é como se ela transpusesse para o papel, ou tela, que seja, universos líricos que nos fazem flutuar um pouco acima do nosso, que tantas vezes tem sido pesado, frustrante. Se “só a arte salva”, então a Samanta é uma espécie de heroína do nosso tempo. Assim, daquele jeitinho meigo e suave, mas bravo e impressionante na criatividade e talento. Pronto, falei, rs. Parabéns pelo site e especialmente pela entrevista, chegou chegando, biscoito fino!

  6. Muito massa a entrevista. Eu me considero um fã dos toscomics também, principalmente por serem tão despretenciosos mas ao mesmo tempo muito divertidos. Sempre quis fazer algo assim, mas nunca consegui engrenar o meu desenho, então o máximo que consegui foi escrevendo em um blog mesmo…

    Desejo muito sorte e sucesso pra Samanta e pra vocês também! Até! :D

Deixe uma resposta para Lucas Ed. Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *