Gemma Bovery

Para quem acha que é apenas coincidência o título da HQ Gemma Bovery ser parecido com a famosa obra da literatura francesa Madame Bovary de Flaubert está enganado. Esse é o livro favorito da autora.

Há tempos queria comprar essa HQ da quadrinista e ilustradora Posy Simmonds. Posso dizer que não foi dinheiro jogado fora. Antes, um breve histórico de Posy: Inglesa, Rosemary Elizabeth “Posy” Simmonds entrou para área ao fazer tiras chamadas “Bear” para o jornal The Sun em 1969. Depois começou a publicar outros desenhos, entre eles Gemma Bovery e Tamara Drewe para o The Guardian – depois transformadas em graphic novels e o último também em filme. Além de quadrinhos, Posy trabalhou com ilustrações infantis e abertura para programas de TV. Ela já ganhou prêmios como o Prix de la critique, National Art Library Illustraions Award, foi considerada a Cartunista do Ano em 1980 e 1981 e nomeada Membro da Ordem do Império Britânico por seus serviços prestados à industria jornalística.

Gemma Bovery é de 1999.  O detalhe dos desenhos é admirável e está em acordo ao texto que é visivelmente feito a mão. Apesar de o volume de texto ser maior do que o comum para os quadrinhos, é bem-vindo porque está bem escrito e ritmado. A história é intrigante assim como no livro. E aviso! Quem quiser ler o livro não recomendo ler o quadrinho antes. Ele traz dentro da história referências feitas por um dos personagens centrais do quadrinho: Joubert, um voyeur  muito imaginativo que pensa que a vida de Gemma é uma cópia do livro de Flaubert. Além disso, a autora faz referência também ao livro Jane Eyre, de Charlotte Brontë.

A sátira feita por Posy da vida dos ingleses e franceses é muito engraçada e traz críticas ácidas ao comportamento europeu. A personagem Gemma trabalha com ilustrações, é inquieta, um pouco louca e misteriosa. Como muitas mulheres ela escreve suas aventuras, amores e problemas num diário. É uma mulher de personalidade forte. Eu gosto disso.

Leitura recomendada.  ;)

É possível ler as tiras (em inglês) de Tamara Drewe no site do The Guardian. A HQ Gemma Bovery foi lançada no Brasil pela Conrad.

Recomendo a  entrevista feita por Paul Gravett com Posy Simmonds.

7 comentários em “Gemma Bovery

  1. Caramba, gostei muito do site de vocês. Eu sinto muita falta de ver críticas ou textos mais elaborados sobre o assunto, escritos por meninas. Gosto muito do blog da Larissa Palmieri, que resenhava algumas HQs, mas ela não tem postado tanto, por causa das ocupações da vida e etc.
    Conheci vocês através da matéria do Comic City sobre mulheres e quadrinhos (saí lá também com um “texto” gigante, haha).
    Parabéns pelo blog! :)

    • Ei Letícia! Obrigada pelo comentário :) Bacana, vimos o depoimento de vocês, bom saber que tem mais meninas por aí dando sua opinião sobre o assunto! Vamos ficar de olho no blog da Larissa tb, não conhecíamos. Bjs

  2. terminei de ler essa semana, achei a história muito envolvente e com um humor inteligente, não consegui largar o livro até terminar! o traço é lindo e a integração do texto com as imagens ficou perfeita. espero ver mais trabalhos da Posy Simmons aqui no Brasil :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *