HQs nacionais promovem a visibilidade bissexual e resistência LGBT

Dia 23 de setembro é celebrado o dia da Visibilidade Bissexual. Essas datas se tornam mais urgentes no nosso contexto de retrocessos socais, em que cada dia sofremos um novo golpe como a censura ao Queermuseu e a decisão judicial de autorizar psicólogos a oferecer “terapia de reorientação sexual”. É o momento também de lembrar das problemáticas específicas que as pessoas bissexuais enfrentam, como a invisibilização ou os altos índices de sofrimento mental. Mas nada disso acontece sem reação e os quadrinhos nacionais são testemunha! Reunimos aqui algumas sugestões de HQs nacionais que comemoram o orgulho e resistência LGBT, com atenção especial para a visibilidade bissexual. Dá um play no podcast do Bear Nerd, feito em 2013 mas atualíssimo, e vem com a gente!

BN CAST 28 – Não Estamos Doentes

Orlando Tailor

Bianca (Anna Bolenna – A perturbada da corte)

Carol Rossetti

Beliza Buzollo (Na ponta da Língua)

Luiza Lemos (Transistorizada)Confira a campanha no catarse!

Laerte Coutinho

Germana Viana (Lizzie Bordello e as Piratas no Espaço)

 

Lovelove6

Adri (Cara-Unicórnio)

Kerol

Sirlanney Nogueira (Magra de Ruim)

Renata Nolasco (Atóxico)

Quer sugerir algum quadrinho pra nós? Deixa um comentário!

Veja também:

#BlogagemBi

Revista Plaf 

Melaço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *