Ícones dos Quadrinhos: saiba quem são as quadrinistas que participam do projeto

O 8º FIQ está chegando! O Festival, que acontece em novembro, em Belo Horizonte, já anunciou grandes nomes, como Becky Cloonan, Cris Peter e Laerte. Aliás, a organização do evento prometeu: muitos nomes ainda serão divulgados. Outra boa novidade é a exposição “Ícones dos Quadrinhos”, organizada por Ivan Freitas da Costa (ganhador de troféus HQ Mix pelas exposições “Batman 70 Anos” (2009) e “Criando Quadrinhos” (2011), de FIQs anteriores).

Mafalda por Eduardo Damasceno

100 dos principais personagens dos quadrinhos, interpretados por 100 artistas de todo o mundo. Essa é a proposta da exposição, que vai além de uma mostra comum. É que Ivan resolveu que os fãs do Festival mereciam mais. Mereciam um livro com todos os desenhos. Em capa dura, papel couché e bilíngue, serão 220 páginas com todas as ilustrações criadas para a exposição, além de textos dos artistas sobre a relação deles com o personagem que escolheu para desenhar.

Para isso, esse é mais um projeto que está no Catarse esperando sua contribuição e conta com diversas recompensas, variando de acordo com o valor do apoio. Trata-se de uma reunião de talentos. Entre vários nomes, os de quatro quadrinistas. Todas conhecidas e respeitadas pelo trabalho que realizam. Infelizmente, são poucas em relação à quantidade de artistas que estão participando. Segundo Ivan, diversas quadrinistas foram convidadas, mas nem todas puderam participar por questões de agenda.

Morte por Roger Cruz

“Meu objetivo foi de traçar um amplo panorama de ilustradores e quadrinhistas brasileiros, complementando com artistas estrangeiros de grande destaque. A lista final é o extrato de uma lista inicial mais ampla, que foi sendo adequada conforme a disponibilidade dos artistas para participar do projeto”, afirma Ivan.

Mas coincidência ou não, todas as participantes já passaram pelo Ladys. Confira:

Adriana Melo

“Ela é conhecida internacionalmente. Mantém um contato direto com seus admiradores na internet e soube se destacar numa área de maioria masculina, conciliando a materninade e os estudos. Já trabalhou para a DC e atualmente está na Marvel, onde se destacou e se tornou a primeira mulher a desenhar o Justiceiro e o Homem-Aranha.”. Clique aqui e saiba mais!

Ana Luiza Koehler

“Uma brasileira que faz quadrinhos franco-belgas. Uma porto-alegrense que desde o colégio faz ilustrações. Formada em Arquitetura e Urbanismo, apesar de não estar trabalhando na área, percebeu que pode aproveitar dessa profissão em seus desenhos.”. Clique aqui e saiba mais!

Cris Peter

“Já conhecida no meio dos quadrinhos, a colorista porto-alegrense fez trabalhos para a Marvel, DC e Dark Horse. Um de seus trabalhos mais recentes foi Astronauta – Magnetar, um sucesso da linha Graphic MSP. Também tem um projeto no Catarse e conseguiu muito mais que 100% nele!”. Clique aqui e saiba mais!

Lu Cafaggi

Ela faz parte do Ladys e é um sucesso por todo o Brasil. Tem o traço mais delicado que você já viu e consegue passar ternura por meio de seus desenhos. A Lu acabou de lançar, junto com seu irmão (que também fez um desenho para a exposição), Turma da Mônica – Laços, mais um super quadrinho da Graphic MSP. Clique aqui e saiba mais!

Diante de tanta lindeza, você já está nadando em curiosidade, né?! Então confira, em primeira mão, um dos desenhos que estará no livro e na exposição!

Por Cris Peter! (Sim, além de colorir, Cris também desenha)

E, para fechar, perguntei ao organizador do projeto sobre qual personagem ele mesmo escolheria para desenhar. “Graúna, pois ela é basicamente um ponto de interrogação com perninhas e olhos bem grandes. O Henfil foi genial a ponto de criar um desenho tão econômico que até eu, que não sei desenhar nada, talvez conseguisse reproduzir, ainda que jamais com mesmo brilhantismo do criador dessa personagem clássica”, conclui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *