Marcha das Vadias RJ convoca artistas!

Marcha-das-Vadias_LATUFF

Imagem criada pelo cartunista Latuff

A Marcha das Vadias da cidade do Rio de Janeiro 2014 convida companheiras cartunistas e artistas a contribuir na criação de imagens alusivas à Marcha e aos conteúdos escolhidos para esse ano.

Segue o recado ;)

“A nossa marcha é composta por feministas autônomas  realizando ações contra a violência sexual e de gênero e pela autonomia dos nossos corpos. “Vadia”, termo usado para nos violentar e nos culpabilizar pelas violências que sofremos, é agora nosso. Nos apropriamos dele, como nos reapropriamos dos nossos corpos, para viver em liberdade. Não queremos ser respeitáveis, exigimos ser respeitadas. Os nossos princípios são liberdade, dignidade, laicidade, horizontalidade e autonomia. Todas e todos são bem-vindas e bem-vindos à Marcha das Vadias. Nosso feminismo é interseccional e não-essencialista. Acreditamos no diálogo e na construção do conhecimento horizontal. Nos expressamos por meios artísticos, culturais, ousados e irreverentes que buscam quebrar e provocar os valores que nos oprimem.

Este ano, os temas pautados pela Marcha das Vadias do Rio são:

1) Higienização da cidade, moralização dos corpos e violência institucional. Os grandes eventos que serão sediados no Rio de Janeiro agravam desigualdades e exclusões sociais. Por meio de  um atrelamento entre a concentração do capital em poucas e patriarcais mãos e a moral judaico-cristã ocidentalizada, o Estado ao mesmo tempo higieniza, explora, marginaliza e violenta certos grupos, tirando-lhes agência e autonomia. Estão amplamente sujeitas a essa violência institucional as mulheres negras e que moram em favelas e na periferia, as prostitutas, as travestis e as pessoas transexuais.

2) Misoginia nos movimentos sociais de esquerda. Consideramos inaceitável que as pautas feministas não sejam ainda incorporadas na construção de uma sociedade justa e igualitária e que, pior ainda, o pensamento patriarcal e as atitudes machistas e opressoras sejam perpetuadas nos movimentos sociais auto-intitulados de esquerda ou libertários.

3) Direitos sexuais e Direitos reprodutivos: lutamos pelo fim da criminalização do aborto e contra a violência obstétrica, ambas situações provenientes das imposições do sistema machista e patriarcal, que impede que as mulheres exerçamos a autonomia sobre nossos corpos. Também exigimos que sejam respeitados, em todas as instituições sociais, os direitos das mulheres que vivem com HIV/Aids e que, consideradas vadias, são duplamente estigmatizadas.

Ficaríamos muito gratas se você pudesse produzir uma imagem que traduzisse alguma(s) dessas ideias e divulgasse a data da Marcha deste ano: dia 9 de agosto de 2014, sábado, às 13h, no posto 5, Copacabana, Rio de Janeiro. A imagem será circulada, com os créditos, pelas mídias e redes da internet, especialmente Facebook e blogs.

Saudações vadias!

MdVRio”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *