O Dia da Mulher pelas espanholas

O Dia Internacional da Mulher foi essa semana e, na frente do computador, era quase inevitável ser levada por um turbilhão de ideias e sentimentos. Tantas histórias para se emocionar, refletir e se indignar. De novo e de novo. Dia 8 de março de 2017, em Madri (ESP), também foi dia do “grande paro”, a greve das mulheres articulada internacionalmente, e da marcha que tomou a principal avenida da cidade.

Nas redes sociais, quadrinistas e ilustradoras coloriram suas timelines lembrando a importância da data, da luta por direitos e convocando outras mulheres a participarem das manifestações. O coletivo de Autoras de Cómics, inclusive, encabeçou uma iniciativa chamada Artiativismo Feminista para reunir esse tipo de desenho.

Confira uma pequena seleção do que vi (e clique nos nomes das autoras para saber mais!):

Yeyei Gomez e a sulamericana Nikolo.


Tirinha das P8ladas, postada com a mensagem: “Ainda que em alguns lugares se empenhem em nos dizer o contrário, hoje não é um dia de presentes, mas sim para continuar a luta. Lutemos pela igualdade da mulher e contra a violência de gênero. Mas não só hoje, lutemos todos os dia.”

Marcha das mulheres em Madri

A marcha teve como lema “Juntas y Fuertes, Feministas Siempre” e percorreu toda a Gran Via, de Cibeles à Plaza de España. Milhares de mulheres aderiram à iniciativa com seus cartazes, bandeiras, instrumentos e gritos de reivindicação – entre elas, eu e quatro amigas. Foi uma noite linda!

Desenhos e frases de protestos ilustravam cartazes, faixas, camisetas e bottons. E justamente eu, que sou muito mais das palavras, inventei de desenhar um cartaz sobre uma das coisas que mais preso no mundo: a liberdade. Não precisava ficar lindo. Precisava passar uma mensagem. E o tanto de gente que se aproximou de mim por conta dele me mostrou que algumas coisas são mesmo universais.

Ni una menos.

Marcha das mulheres 2017, em Madri. (Fotos: Paula Rodrigues e Antonella Tescarollo. Clique para ver maior)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *