Após o primeiro Encontro, esbarramos com alguns desafios, como manter o tema em discussão e trazer novas pautas que contemplem a diversidade. E ainda: mostrar que essas transformações só serão possíveis quando o outro compreender que é necessário ceder o espaço de fala e também ser um agente de mudança.

A conversa é contínua e se faz necessário problematizar e enfatizar cada vez mais boas representações. Por isso, não paramos no primeiro. O Segundo Encontro, com o tema A Primeira Viagem, segue com novos desafios e presenças importantes para fortalecer o diálogo e o registro da nossa memória. Tudo isso visando o empoderamento feminino e a reflexão sobre a participação das mulheres em todos os processos criativos das HQs.

Entre as mais de 30 convidadas, tivemos a presença de artistas de diferentes regiões do país. São profissionais do Nordeste, como Lila Cruz (revista Farpa) e Débora Santos (HQ Pombos); do Sul, como Cris Peter (Estúdio Complementares) e Giovana Medeiros (Gidrinhos e Lady’s Comics); sudeste, como Cris Eiko (Quadrinhos A2) e Raquel Gontijo (editora A Bolha); do Centro-Oeste, como Ellie Irineu (Estranhos e Risca!) e Francizca Nzenze (Kindumba da A.N.A); E do Norte, como Laura Athayde (Arquipélago). E fomos além do Brasil. Contamos também com grandes artistas, como as argentinas Sole Otero (autora do quadrinho “La Pelusa de los días”), integrante do coletivo Chicks on Comics, Mariela Acevedo (editora da revista Clítoris) e a chilena Supnem (coletivo TetasTrístes).

Mais informação no site: ladyscomics.com.br/elc