Arisque-se. Rabisque-se.

Essa que vos fala é do tipo insegura. Típica libriana indecisa, para os que acreditam em horóscopo. Mas não vim falar de mim. Vim falar de nós. Nós que queremos ser alguma coisa e as vezes desistimos no meio do caminho por insegurança. Muitas das vezes ouvi artistas falando, principalmente quadrinistas, frases do tipo “Arrisque-se”…

Leia mais →

De anônimas a autoras

De anônimas a autoras ou, porque é importante que as mulheres assinem os seus trabalhos Por Valéria Fernandes (Shoujo Café) Hoje é dia 8 de março (e este texto deveria estar pronto antes), data na qual comemoramos o Dia Internacional das Mulheres.  Coloco no plural, porque somos muitas e “a mulher” termina por ser uma…

Leia mais →