Para tudo, um começo

Fazer texto sobre um quadrinho tão lindo (e de uma amiga) parece tarefa fácil, mas, acredite, não é. Li “Quando tudo começou” 3 vezes. A primeira foi numa velocidade exagerada, do tipo que a gente tem quando come doce escondido, sabe? Mas já aviso que essa não é a maneira mais adequada quando se trata…

Leia mais →