Morte, horror e realismo bizarro: Julia Gfrörer

Numa busca despretensiosa de quadrinistas que possuem traços e roteiros mais sombrios, encontrei Julia Gfrörer no meio do caminho. Consegui ler dois fanzines, To Dark to See (2011) e Mundane Grimore (2011), e um webcomic,  Black is the Color (2012), que são bonitos esteticamente e com roteiros e cenas dramáticas e bizarras.  Os quadrinhos To Dark to See é um fanzine com…

Leia mais →